Cidades

Célula de facção criminosa é desarticulada durante a Operação Monte Cristo

Ação foi desencadeada após o assassinato de um homem no dia 8 de novembro do ano passado

diario da manha

Três integrantes de uma facção criminosa foram presos na última terça-feira, 4, durante a Operação Monte Cristo, deflagrada pela Delegacia Estadual de Homicídios (DIH). Entre os detidos na ação estão dois maiores e um menor, que atuavam no Tráfico de Drogas no Setor São José, em Goiânia.

Segundo as informações divulgadas pela polícia, as investigações começaram após o assassinato de Magaiver Novais da Silva, no dia 8 de novembro do ano passado no setor.

A equipe da DIH identificou que a morte do rapaz foi em virtude de dívidas de drogas, que a vítima tinha com os integrantes da organização, e devido a isso foi executado por um homem identificado como Nathan Vinicius Freitas Santos, conhecido como “Douglinhas”, o qual cometeu o crime junto com um adolescente.

Douglinhas e um adolescente que fazem parte do grupo criminoso foram presos em flagrante por tráfico de drogas, pois foram pegos com dezenas de porções de maconha e crack que seriam comercializadas. Além da droga encontrada com os dois, a polícia apreendeu também um caderno que era usado na contabilidade do grupo e para o controle do tráfico de drogas na região.

A polícia apreendeu ainda a arma que provavelmente foi usada no assassinato de Magaiver, e uma pistola também foi apreendida com a organização. Conforme as informações da polícia, o nome da operação é em alusão ao ponto para o comércio das drogas usado pelo grupo, a Praça Monte Cristo, que fica no Setor São José.

Leia também:

Comentários