Cidades

Mulher é atacada por ex-companheiro e pula de carro para se livrar dele

Segundo a família da vítima, o casal se separou há dois meses, mas o ex-marido estava "inconformado com o término do relacionamento". Ela foi atingida por um tiro de raspão

diario da manha

Uma mulher de 36 anos precisou se jogar de um carro para escapar das agressões do ex-companheiro na tarde dessa quarta-feira (14) em Samambaia, no Distrito Federal. Apesar da tentativa de evitar a agressão a vítima foi baleada pelo suspeito. O homem ainda ameaçou os pedestres que testemunharam o crime e tentaram socorrê-la.

A mulher foi atingida de raspão pelos disparos e sofreu escoriações pelo corpo. Ela foi levada para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT). O homem foi preso por policiais do 11º Batalhão da PMDF e deve responder por tentativa de feminicídio.

Segundo a família da vítima, o casal se separou há dois meses, mas o ex-marido estava “inconformado com o término do relacionamento”. O crime ocorreu quando ele saía da casa do ex-sogro, onde a mulher mora atualmente. Os parentes relataram que ele já chegou no local armado.

Testemunhas relataram que a mulher foi obrigada pelo ex-marido a entrar no carro dele. Uma pessoa que estava em um quiosque próximo ao local do crime disse que o homem passou em alta velocidade, na pista sentido Taguatinga. Ela ouviu uma gritaria no interior do carro e, após alguns minutos, visualizou uma mulher caída ao chão.

As pessoas que se depararam com a situação acharam inicialmente que se tratava de um atropelamento de pedestre. Mas, ao correrem para ajudar a mulher, acabaram se deparando com um homem armado.

O suspeito, então, ao ver a aglomeração de pessoas, efetuou um disparo contra a vítima, entrou no carro, deu outro tiro para cima e fugiu. Mas foi localizado pela Polícia Militar na altura da 507 Sul – a cerca de quatro quilômetros do local. Ele foi preso e encaminhado à 26ª Delegacia de Polícia, de Samambaia, que apura o caso.

*Com informações do Metrópoles.

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Leia também:


Comentários