Cidades

Marido é preso por conta de detalhe em roupa de mulher degolada no DF

O suspeito confessou o crime após ter dito que a vítima havia saído de casa, mas não sabia explicar por que ela estava de pijamas

diario da manha

O marido de Karla Roberta Fernandes Pereira, 38 anos, que foi encontrada degolada em um matagal no domingo (25), foi preso por policiais da 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria) após se contradizer em seu depoimento. O homem confessou o feminicídio depois que a polícia percebeu que a versão não condizia com os fatos do crime.

O delegado da unidade policial, Paulo Fortini, informou ao Metrópoles que o homem não soube explicar por que a esposa falou que iria embora, mas foi encontrada só de pijamas, além disso, os horários narrados por ele não eram condizentes. No momento que foi encontrada a vítima vestia apenas um pijama e não possuía qualquer identificação.

A polícia ainda constatou alterações na casa do casal, em que um dos agentes relatou que percebeu que a cozinha havia sido limpa e o carro estava lavado, mas apesar disso os investigadores encontraram uma mancha de sangue no veículo. Outro detalhe é que uma presilha de cabelo da vítima estava debaixo da mesa do micro-ondas.

Ainda na residência, o policial identificou que as roupas que eles haviam usado na festa da noite anterior estavam no local. O celular de Karla foi localizado pelo filho dela e um facão que Adenor escondia no telhado não estava mais no esconderijo.

Adenor confessou o crime e disse ter agido por ciúmes depois que viu uma mensagem no celular de Karla e se sentido traído. Ele sufocou a companheira até ela desmaiar e depois disso a colocou no carro e a levou para o mato. Lá, passou uma faca no pescoço da vítima e deixou o cadáver no local.

MACHISMO NO AUTOMOBILISMO

O corpo de Karla foi encontrado em um terreno baldio, em Santa Maria. Um catador de latinhas passava pela região, por volta das 7h, quando se deparou com o cadáver e acionou a polícia.

*Com informações do Metrópoles.

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.com.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Leia também:


tags:

Comentários