Cidades

Bolsonaro e Pazuello visitam Goianápolis e causam aglomeração

Além de Pazuello, Bolsonaro também estava acompanhado do deputado federal major Vitor Hugo, líder do PSL na câmara

diario da manha
Bolsonaro e o ex-ministro Eduardo Pazuello em visita a cidade de Goianápolis. Foto: Reprodução

Na manhã deste sábado (17), o presidente Jair Bolsonaro foi até a cidade de Goianápolis, centro de Goiás. Sem o uso de máscara, ele cumprimentou vários apoiadores que se aglomeraram às margens das grades de um campo de futebol.

Bolsonaro estava acompanhado do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, que por um período de seis meses, dos dozes de pandemia do coronavírus no Brasil, comandou a pasta.

O ex-ministro é alvo de um inquérito-aberto enquanto ainda era ministro da Saúde, para que seja feita a apuração dele durante a crise sanitária no Amazonas no início do ano, quando houve falta de oxigênio para o tratamento de pacientes com Covid-19.

Inclusive um dos objetivos constantes do requerimento inicial da CPI da Covid, são as investigações das ações e omissões do governo federal durante a crise no Amazonas. CPI da Covid foi criada no dia 13 de abril pelo Senado Federal e será instalada na próxima semana.

Além de Pazuello, Bolsonaro também estava acompanhado do deputado federal major Vitor Hugo, líder do PSL na câmara. O parlamentar gravou parte da visita e a transmitiu por meio das redes sociais.

Por aproximadamente 15 minutos, passou pelo povo que estavam aglomerados nas grades do campo, cumprimentando com apertos de mão e até pegou um bebê no colo.

Durante visita a Goinápolis, Bolsonaro com bebê no colo. Foto: Reprodução / Instagram

O deputado major Vitor Hugo, explicou qual foi a intenção da visita do presidente à cidade de Goianápolis. “A intenção foi de ouvir os problemas, sentir de que forma as ações do governo têm repercutido e tivemos uma impressão muito positiva, o president

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000 e foi calorosamente recebido em Goianápolis”, afirmou o deputado.

Comentários