Cidades

Advogado aparece tomando banho durante julgamento online no tribunal de justiça do DF

A imagem do advogado, sem roupa, em um banheiro, apareceu na tela, quando o desembargador José Jacinto lia um voto.

diario da manha

Na última quinta-feira (8), um advogado apareceu tomando banho durante uma sessão de julgamento da 1ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT). As imagens que foram transmitidas ao público pela internet, causaram constrangimento aos desembargadores.

A imagem do advogado, sem roupa, em um banheiro, apareceu na tela, quando o desembargador José Jacinto Costa Carvalho lia um voto. Ao notar que havia entrado na sessão o advogado desligou a câmera. Ao ver a cena o desembargador Humberto Adjuto Ulhôa alertou: “Tem um cidadão nu aí em frente ao painel. Que história é essa?”

A Corte informou que “vem trabalhando de forma que as audiências por videoconferência sejam realizadas com a mesma lisura, formalidade e Ética como se fossem audiências presenciais”.

“No entanto, cabe a cada ator (juiz, promotor, defensor, advogado, partes e testemunhas) agir com respeito à formalidade que o ato solene exige. Por fim, cabe à OAB se manifestar em relação a questões éticas envolvendo os membros daquela Ordem”, disse o tribunal, em nota.

A Ordem dos Advogados do Brasil no DF (OAB-DF) afirmou que “não teve qualquer conhecimento do fato”. O advogado envolvido na situação não foi identificado pela reportagem.

Para o desembargador Humberto Adjuto Ulhôa, “Tem que desconectar, esses advogados só têm que entrar aí quando for fazer sustentação oral. Não pode ficar passeando aí. O cara estava nu aí na frente.”

A situação durou cerca de 20 segundos e as imagens da sessão estavam disponíveis na página do TJDFT no Youtube até pouco tempo após às 18h e logo, o vídeo ficou indisponível.

Comentários