Cidades

Corpo de goiano que morreu após tentar entrar ilegalmente nos EUA chegará a Goiás no sábado para o enterro

O goiano Diogo Fernandes de Oliveira, de 36 anos, morreu no último dia 7 de dezembro após cair de uma muro de aproximadamente 4 metros ao tentar cruzar a fronteira

diario da manha

O corpo do goiano Diogo Fernandes de Oliveira, de 36 anos, que morreu ao tentar entrar ilegalmente nos Estados Unidos, deve chegar no sábado (6), para que os familiares possam realizar o enterro em São Luís de Montes Belos, região central de Goiás. Ele morreu no último dia 7 de dezembro após cair de uma muro de aproximadamente 4 metros de altura ao tentar cruzar a fronteira. As informações são do G1.

Para trazer o corpo para o Brasil os famíliares fizeram uma vaquinha virtual, em busca de custiar o translado, que tem valor estimado em cerca de R$ 60 mil. “O corpo chega em São Paulo às 8h30 de sábado. A funerária vai levar até São Luís de Montes Belos. A família quer se manter muito reservada, então, será feito um velório muito rápido, apenas para os familiares se despedirem”, informou o irmão do goiano, que não quis se identificar.

Segundo os parentes, Diogo caiu do muro quando já estava nos Estados Unidos. “Fomos informados que os coiotes soltam uma corda para quem vai atravessar a fronteira. Normalmente, acontece de madrugada. Ele se desequilibrou na descida, quando já estava nos Estados Unidos. As informações mostram que ele caiu, não que pulou”.

O goiano, que era administrador de empresas pretendia dar melhores condições para a família dele, principalmente para os pais. Ele tentou obter o visto para entrar legalmente nos Estados Unidos por três vezes, entre 2017 e 2019, mas não conseguiu.

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Comentários