Cidades

Polícia prende 63 pessoas que estavam em bares clandestinos para assistir jogo, em Manaus

A polícia recebeu uma denúncia de que bares da zona leste funcionavam de portas fechadas, em dias que haviam jogos do campeonato brasileiro

diario da manha

Pelo menos 63 pessoas foram presas por agentes da Polícia Civil e da Polícia Militar, em cinco bares clandestinos no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus, na noite de quinta-feira (21). Os autuados desobedeceram ao toque de recolher decretado para o estado para assistir a um jogo de futebol. A informação é do G1.

Devido a pandemia da Covid-19, o governo do estado decretou que só pode haver circulação de pessoas das 19h às 6h até o dia 31 de janeiro. Portanto, sendo ilegal qualquer ato de aglomeração de pessoas apartir desse horário.

A polícia recebeu uma denúncia de que bares da zona leste funcionavam de portas fechadas, em dias que haviam jogos do campeonato brasileiro. A prática visava não chamar a atenção, mas no durante o toque de recolher os proprietários vendiam bebidas alcoólicas e permitiam a aglomeração de pessoas no local.

Nas abordagens, foram detidos clientes e também os própietários dos estabelecimentos. Eles foram para a Delegacia-Geral, no bairro Dom Pedro. Os autuados devem responder pelo descumprimento de medida sanitária preventiva e por crime de desobediência, podendo receber multa pelas infrações.

Colapso na saúde no Amazonas

Com lotação e falta se oxigênio nos hospitais, o Amazonas tem enfrentado um colapso no sistema de saúde por conta da Covid-19. O estado passa por um novo surto da doença. Na quinta-feira, o governo suspendeu a vacinação em Manaus após denúncias de “fura-fila” e de irregularidades na prioridade de imunização. A vacinação deve ser retomada nesta sexta-feira. O estado já registra mais de 241 mil casos e 6,7 mil mortes.

Comentários