Cidades

Padre Robson e outras 17 pessoas se tornam réus na Operação Vendilhões

diario da manha
Padre Robson nega irregularidades no uso de dinheiro da Afipe — Foto: Reprodução - Fantástico

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) aceitou nesta quinta-feira (10) a denúncia do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), sobre a Operação Vendilhões, que investiga o desvio de doações de fiéis à Associação Filhos do Pai Eterno (AFIPE). Com isso o Padre Robson de Oliveira e outras 17 pessoas investigadas deixam de ser suspeitas, e passam a ser réus no caso.

A operação que foi deflagrada em Agosto deste ano, teve diversas reviravoltas, entre elas inclusive o pedido de arquivamento do processo, o qual foi concedido a defesa do clerigo.

No entanto no início da semana, o TJGO permitiu a reabertura das investigações, e na terça-feira (8) o MPGO, denunciou o padre e mais 17 pessoas pelos crimes de lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A denúncia contra o grupo que gerenciava a AFIPE, foi aceita na tarde desta quinta-feira, pela promotora de Justiça Placidina Pires.

Comentários