Cidades

Polícia prende suspeito de ser mandante do assassinato de advogados

De acordo com as informações da Polícia Civil, o suspeito de ser o mandante do duplo homicídio foi preso em Catalão

diario da manha
Foto: Reprodução

Na tarde desta terça-feira (17), a Polícia Civil prendeu um suspeito de ser o mandante do assassinato dos advogados Marcus Aprígio Chaves e Frank Alessandro Carvalhaes, dentro de um escritório, localizado no Setor Aeroporto, em Goiânia. O crime ocorreu no dia 28 de outubro deste ano.

De acordo com as informações, o suspeito foi preso na cidade de Catalão, em Goiás. A reportagem do DM entrou em contato com Polícia Civil que confirmou a prisão do suspeito por meio de nota.

Anteriormente, dois suspeitos do duplo homicídio foram identificados pela polícia. Um deles, Pedro Henrique Martins Soares, foi preso no dia 30 de outubro com a arma supostamente usada no crime. Segundo as informações, após a prisão ele teria confessado a autoria.

Já o segundo suspeito de envolvimento no crime, identificado como Jaberson Gomes, morreu após uma troca de tiros com a Polícia Militar do Tocantins (PMTO).

Uma força-tarefa, composta por cinco delegados e trinta policiais civis foi montada para solucionar o caso. O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, já havia informado que a participação de outras pessoas estava sendo investigada.

Com a prisão do suspeito através de um mandado cautelar cumprido pelos policiais civis da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) e pelo Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Catalão, a Polícia Civil afirma que finaliza as investigações sobre o duplo homicídio.

*Atualizado – as informações preliminares eram de que a prisão havia ocorrido entre a divisa dos estados de Goiás e da Bahia mas a informação sobre o local foi esclarecida pela Polícia Civil de Goiás.

Comentários