Aparecida de Goiânia

Caiado durante inauguração de sede do MP em Aparecida: “Parceria é compromisso de vida”

Governador destaca importância de manter diálogo com demais poderes para garantir cumprimento das funções do Estado no atendimento à população. “Saberemos combater a criminalidade, a corrupção e devolveremos Goiás aos goianos”, afirma

diario da manha

A sintonia na atuação do Governo de Goiás com o Ministério Público do Estado foi ressaltada pelo governador Ronaldo Caiado durante a inauguração da nova sede das Promotorias de Justiça de Aparecida de Goiânia, na manhã desta sexta-feira (27/11). “Eu me coloco como aliado a todo momento”, ressaltou Caiado que, em dois anos à frente do Executivo, tem atuado de maneira conjunta com os demais Poderes para tomadas de decisão. “A parceria que temos com o Ministério Público é um compromisso de vida que tenho. Nós saberemos combater a criminalidade e a corrupção, e devolveremos o Estado para todos que aqui habitam para que tenham dignidade e cidadania”, enfatizou.

Para o governador, a construção conjunta de uma agenda é o caminho para “avançar”. Não se governa sozinho”, defendeu. Ao lembrar dos objetivos enquanto governador, Caiado afirmou que o Estado foi criado para “sustentar e dar qualidade de vida, segurança, educação, saúde e implantar programas sociais”. “Sonhei muito em chegar ao governo, sei das dificuldades, mas estou extremamente contente e satisfeito. Ao final do nosso mandato, quero poder continuar tranquilo, vivendo no meu Estado de Goiás e, ao mesmo tempo, podendo caminhar com a cabeça erguida e a consciência tranquila que as pessoas mais humildes e necessitadas estão sendo tratadas com dignidade e com respeito.”

A via de atuação conjunta entre Poderes foi endossada pelo procurador-geral de Justiça do Estado de Goiás, Aylton Flávio Vechi, durante seu discurso. “Essa sinergia só é possível pela sua disposição [governador], pelo espírito democrático e pela forma de exercer a liderança no Estado, sem pretender centralizar as grandes decisões”. Vechi elogiou o exemplo de Caiado em manter uma “boa interlocução” com direcionamento “para resgatar a cidadania” . “É essa relação que temos de ter com os demais Poderes e órgãos autônomos, dentro de um espírito republicano, em que cada um sabe exatamente o seu papel, sem interferir no papel do outro”, concluiu.

Para a coordenadora das promotorias de Justiça da comarca de Aparecida de Goiânia, Suelena Carneiro Caetano Fernandes Jayme, “o combate à criminalidade, à corrupção e o extremo respeito aos servidores públicos do Estado” também são destaques na gestão do governador. Ao falar da nova sede do MP-GO, ela expressou a alegria do momento e apontou que o objetivo é oferecer um “espaço digno” à sociedade. “O cidadão custeou essa obra e é o principal usuário e destinatário dos nossos serviços. Queremos que sejam bem atendidos na busca por seus direitos”, assinalou.

A inauguração marca o início das atividades em um prédio com 2,7 mil metros quadrados para abrigar 20 promotorias jurisdicionadas ao município. A solenidade foi iniciada com a benção do prédio e a prece conduzida pelo bispo auxiliar de Goiânia, Dom Levi Bonatto. Ao definir como “momento histórico”, a coordenadora acredita que as novas instalações vão fortalecer a atuação do MP-GO. “Instituições fortes são formadas por diversos aspectos, mas posso citar três pilares: pessoas preparadas e comprometidas, fluxos de trabalho eficientes e inovadores e uma boa infraestrutura”, avaliou.

O promotor de Justiça Márcio do Nascimento, com um retrospecto de 28 anos de atuação no MP-GO, relatou o histórico e evolução da comarca de Aparecida. Nascimento lembrou a missão de “promover a justiça” do Ministério Público, estabelecida na Constituição de 1988. “Esse local bem que poderia se chamar Casa da Cidadania, porque aqui promovemos a cidadania ao cidadão de Aparecida de Goiânia”, destacou. Em discurso, o presidente da Associação Goiana do Ministério Público (AGPM), José Carlos Miranda Nery Júnior, se referiu ao governador Ronaldo Caiado como grande parceiro desde os tempos de parlamentar. Para o presidente, com melhor estrutura, na nova casa dos promotores de justiça e os servidores do Ministério Público de Aparecida de Goiânia, “continuarão empenhando esforços e ideais de trabalho em prol da comunidade”.

O procurador-geral de Aparecida de Goiânia, Fábio Camargo Ferreira, que representou o prefeito Gustavo Mendanha, defendeu o sentido de unidade entre os governos estadual e municipal. “Durante a eleição, ficamos em trincheiras separadas, mas acabou o pleito e estamos todos no intuito de cuidar das pessoas”, ponderou ao lembrar que há apenas um propósito entre as instituições públicas: “fazer o bem para as pessoas”. O diretor do foro da comarca de Aparecida de Goiânia, Leonardo Fleury, que representou o Tribunal de Justiça, falou aos funcionários do MP-GO. “Que todos consigam expressar nos pareceres e manifestações tudo o que a justiça pode ser”, desejou.

Também compareceram ao evento o vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), Thales José Jayme; o membro auxiliar da presidência do Conselho Nacional do Ministério Público, Carlos Vinícius Alves Ribeiro; o defensor público Marco Túlio Félix Rosa; o deputado estadual Cairo Salim; o secretário de Estado Rodney Miranda (Segurança Pública); o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Jacinto de Lemos; os representantes das polícias Militar e Civil, respectivamente, major Vanderlei Alves Moura e delegado Álvaro Lins; além de representantes do MP-GO, como o subprocurador-geral, Cyro Terra Peres; a promotora de Justiça da Ouvidoria, Orlandina Brito Pereira; o coordenador do Centro Integrado de Investigação e Inteligência, Rodney Silva; promotores de justiça, procuradores e outras autoridades.

Comentários