Cidades

Goiás recomeça transplante de córnea após ter mais de 750 pacientes na fila

A suspensão de seis meses ocorreu devido à pandemia do coronavírus

diario da manha
Foto: Reprodução

O estado de Goiás possui cerca de 758 pessoas na espera por um transplante de córneas, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Durante esses meses, realizaram apenas procedimentos de emergência por conta da pandemia da Covid-19. Com isso, foi liberada a retomada após uma publicação de uma nota técnica no dia 24 de setembro.

Doação

Dados apontam que, até agosto deste ano, pelo menos 71 famílias não autorizaram a doação de órgãos dos entes.

A SES ainda fez uma alerta para quem desejar ser um doador de órgãos, as pessoas devem conversar com a família primeiramente, uma vez que a ação só acontecerá com a autorização da mesma.

Captação e transplante

O transplante de córnea é um procedimento cirúrgico no qual uma córnea lesionada é substituída por outra de um doador.

A captação das córneas ocorrem até 12 horas após a morte confirmada. Já o transplante, pode ser realizado até 14 dias após a coleta do tecido.

Segundo a SES, Goiás possui um Banco de Tecidos Oculares, localizado na Fundação Banco de Olhos de Goiás, na capital, eles realizam procedimentos cirúrgicos em hospitais, Serviço de Verificação de Óbito (SVO) e unidades do Instituto Médico Legal (IML) da capital e de Aparecida de Goiânia.

*Com informações do G1

Comentários