Cidades

Goiânia: Morador de rua é condenado a 7 anos de prisão após matar rival

Fato aconteceu em julho do ano passado e agora nesta segunda-feira (19), ocorreu o julgamento do Reneide Pereira de Brito

diario da manha
Foto: Reprodução /Tribunal de Justiça de Goiás

Morador de rua, Reneide Pereira de Brito, foi condenado a sete anos de prisão por matar o rival Paulo Iran Alves da Silva. Segundo a denúncia, tinham uma rixa entre eles.

Na manhã desta segunda-feira (19), ocorreu o  julgamento pelo juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 3ª Vara dos Crimes Dolosos contra a Vida e Tribunal do Júri da comarca de Goiânia

Crime

O crime aconteceu no dia 1º de julho de 2019, por volta das 16h, em um galpão no Setor Leste Universitário, na capital. No dia, Reneide teria passado em uma loja e havia dito que ia encontrar a vítima.

Conforme uma testemunha “dias antes do crime ouviu comentários na região que o denunciado [Reneide] havia falado que a vítima o tinha agredido, e que ele não aceitaria isso”.

Segundo o juiz Jesseir, ele confessou ter matado Paulo com golpes de faca. A defesa, por sua vez, tentou pedir pela absolvição do acusado, alegando que o réu “agiu amparado pela excludente de ilicitude da legítima defesa”, o que foi rejeitado pelos jurados.

Condenação

Após entender a culpabilidade do tipo penal, e pelo fato de Reneide ter antecedentes criminais, o juiz condenou o réu a sete anos e seis meses de prisão, mas diminuiu a pena em seis meses por ele ter confessado espontaneamente.

Conforme a sentença, o condenado já está preso, deve cumprir, inicialmente, em regime semiaberto.

*Com informações do G1

Comentários