Cidades

Deputado de Goiás é investigado em ação que apura desvio de milhões em licitações ilegais

MP cumpre mandado em esquema que envolvia comercialização ilegal de combustíveis. Em ação que apura desvios de R$ 10 milhões

diario da manha

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), iniciou na manhã desta quinta-feira (3), operação que investiga um esquema de licitações ilegais, no setor público, que propiciaram desvios em torno de R$ 10 milhões.

Um dos relacionados é o deputado estadual Iso Moreira (DEM) e um posto de combustíveis pertencente a sua família.A diligência cumpriu mandados de busca tanto no gabinete dele, na Assembléia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), como em sua casa.

Ação cumpre nove mandados de busca e apreensão em Goiânia, Bela Vista de Goiás, Alvorada do Norte, Simolândia e Brasília. Foram expedidos pelo juíz Pedro Henrique Guarda Dias, de Alvorada do Norte.

Conforme o MP, a operação intitulada “Zaratustra”, expuseram um esquema fraudulento de compra e venda de combustíveis entre 2003 e 2016, em posto de propriedade da família do deputado, em Alvorada do Norte.

De acordo com a investigação, através de alterações no contrato social do empreendimento, “registrado” sucessivamente em nome de “laranjas”, a propriedade da empresa era modificada, propiciando a comercialização de combustíveis de maneira irregular com a prefeitura de Alvorada do Norte.

Até o momento o parlamentar e a Prefeitura de Alvorada do Norte não se pronunciaram sobre a operação, o espaço fica aberto para que ambos possam se pronunciar sobre o caso.

Além do deputado, também são passíveis de investigações assessores parlamentares e outros agentes públicos

*Com informações do G1

Comentários