Cidades

Deputado João Campos consegue liminar que permite Assembleia de Deus Ministério Vila Nova descumprir decreto

Liminar foi concedida após ação movida pelo pastor e deputado federal João Campos

diario da manha

Nem mesmo a morte de uma pastora da Igreja Assembleia de Deus Ministério Vila Nova, vítima da Covid-19, parece ter sido capaz de comover alguns pastores e membros da igreja, pois a congregação teve uma liminar concedida a seu favor para descumprir os decretos estadual e municipal em Goiânia, após o deputado federal João Campos entrar com a ação.

A ação foi movida pelo pastor e deputado federal João Campos, e foi acatada pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO). A decisão foi tomada após o desembargador do caso entender que o pedido feito pelo líder religioso mostra requisitos de plausibilidade e risco de dano irreparavél.

Com os argumentos apresentados pelo parlamentar, a liminar foi deferida pelo desembargador, que no documento pede para que sejam notificados o Governo de Goiás e a Prefeitura de Goiânia dentro de 10 dias caso queiram se pronunciar sobre o tema.

O parlamentar usou suas redes sociais para comemorar a decisão, e afirmar que “prevaleceu a Justiça, todos sabem em Goiás que o Governador Ronaldo Caiado baixou um decreto vedando muitas atividades, e dentre ela vedou toda atividade religiosa em todo estado de Goiás. Lamentavelmente o prefeito Iris Rezende acompanhou e no dia seguinte editou um decreto que aderiu ao decreto do Governador, reafirmando a proibição de atividade religiosa no estado”.

Confira o vídeo divulgado pelo parlamentar:

Comentários