Cidades

Comércio reabre no estado com protocolos

78 cidades serão beneficiadas pelos testes PCR RTs doados pela Fio Cruz

diario da manha

Depois de mais de 120 dias fechados, bares, restaurantes e outros ramos do comércio voltam a abrir a partir da próxima terça-feira (14/7). O anúncio foi feito na manhã de hoje (13) pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) após juntamente com o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB) e outros membros do governo, representantes do comércio e da saúde, elaborar um novo decreto para o estado e que não prevê fechamento das áreas liberadas.

Durante a assinatura dos novos protocolos e liberação do comércio e outras atividades no Estado, o deputado federal Zacharias Calil e afirmou que é preciso fazer o tratamento precoce da doença. O parlamentar voltou a frisar da importância, por exemplo, de fazer o exame de imagem como a tomografia computadorizada para identificar o vírus e iniciar o tratamento precoce da doença, que é o mais indicado para o enfrentamento da Covid-19.

Após o parlamentar foi a vez do secretário de Saúde, Ismael Alexandrino, que afirmou em sua fala que o isolamento foi fundamental e continua sendo fundamental o distanciamento social, que a medida cumpriu o seu papel de achatar a curva e contribuiu para expandir a estrutura de saúde no estado.

O secretário afirmou ainda que no mesmo período do ano passado a quantidade de Unidades de Terapia Intensivas (UTIs) em Goiás, era metade do que se tem hoje, inclusive com a questão da regionalização e todas as macro regiões passarem a ter leitos de UTIs.

“Nós temos atenuantes que são fundamentais, o uso da máscara é um deles, o isolamento social é outro. Por isso temos que respeitar nossos protocolos. Precisamos seguir as medidas determinadas, por essa razão shows, teatros, cinemas e eventos ainda não serão abertos”, destacou Ismael Alexandrino.

Por sua vez, o prefeito Iris Rezende (MDB) afirmou que se assustou ao ver que o governador decretou o fechamento do comércio. Ele disse que não queria isso, devido a atividade comercial ser o meio de trabalho de várias pessoas, mas seguiu a determinação do governador por entender a gravidade da situação.

Ronaldo Caiado lamentou a morte dos goianos vítima da Covid-19 e assinou decreto com protocolos para reabertura do comércio

Após o prefeito de Goiânia fazer seu pronunciamento, o governador Ronaldo Caiado assinou o documento com os novos protocolos para a reabertura do comércio e outras atividades no estado.

O governador lamentou a morte dos 849 goianos vítimas da Covid-19 e anunciou que recebeu um aplicativo e testes da Fio Cruz para que possa rastrear os infectados e assim também contribuir para o bom atendimento dos pacientes e afirmou que “é inadmissível banalizar a vida”.

Caiado pediu ainda que a reabertura possa ser feita dentro de um processo de responsabilidade, pois ninguém conseguiu fazer um acordo com o coronavírus. “As nações mais poderosas do mundo tiveram que se curvar e nós goianos não podemos entrar nesta estatística”.

O governador afirmou ainda que além do aplicativo doado a Goiás, o Estado também recebeu testes PCR RT para testar de fato a população. Dos 246 municípios de Goiás, 78 vão ser priorizados para fazer o rastreamento e assim contribuir para garantir o isolamento das pessoas contaminadas. O gestor pretende principalmente realizar a testagem dos grupos de riscos, para o isolamento possa ter eficácia.

Comentários