Cidades

Dois dias após acidente na GO- 210 morre terceira vítima

Funcionária da prefeitura de Caldas Novas, Michele Prata, 48 anos, morreu em hospital da cidade

diario da manha
Foto: Reprodução

Michele Prata, 48 anos, servidora da prefeitura de Caldas Novas, morreu na manhã desta terça-feira (30). Ela estava no acidente que matou outros dois servidores municipais, há dois dias, na GO-210, entre Água Limpa e Marzagão, distante cerca de 190 km de Goiânia.

O imprevisto ocorreu no último domingo (28). Michele foi socorrida com vida e permaneceu internada em estado grave por dois dias no Hospital Municipal de Caldas Novas, onde não resistiu aos ferimentos. Ela trabalhava na Secretaria Municipal de Trânsito (SMT). Em nota a prefeitura lamentou a morte da servidora.

“Com extremo pesar comunicamos o falecimento da amiga Michele Prata. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Muito respeitosamente, prestamos nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames”.

Nas redes sociais, o prefeito Magal falou sobre a morte de Michele. “Caldas Novas se entristece novamente. Faleceu hoje minha amiga pessoal e colega de trabalho. Michele Prata trabalhou comigo em meus quatro mandatos de prefeito. Sempre alegre e dona de uma simpatia gigante. É assim que quero me lembrar de você, minha amiga”, escreveu.

Acidente

Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o veículo onde os servidores estavam saiu da pista e bateu contra uma árvore. Ainda não se sabe o que causou o acidente.

Além de Michele, estavam no carro Leonardo Marinho, que era chefe da Superintendência Municipal de Trânsito de Caldas Novas, e Larissa Mesquita, secretária do prefeito Evandro Magal (PP).

O velório da servidora está marcado para acontecer às 15h, no Ginásio de Esportes de Caldas Novas. Já o sepultamento ocorrerá às 18h, no cemitério Jesus de Nazaré.

*Com informações do G1

Comentários