Cidades

Mulher é presa após abandonar a filha recém nascida no telhado

A mãe da criança tentou abortar, mas não conseguiu e ao der a luz a uma menina, decidiu abandonar

diario da manha

Uma mulher de 23 anos foi presa em flagrante por tentar cometer aborto e abandonar a filha recém nascida no telhado da casa da vizinha, no bairro Alvorada, em Manaus. O bebê foi resgatado por policiais militares da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que foram acionados por moradores do local na manhã da última terça-feira (26).

Segundo o cabo Maicon, da Polícia Militar do Amazonas, que atendeu a ocorrência, não havia ninguém na casa. O bebê estava com escoriações e o quadro de saúde era grave, devido a desidratação. Ele foi encaminhado para a Maternidade do Alvorada, onde recebeu atendimento médico e melhorou.

A titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Joyce Coelho, afirmou que Adriana Lima da Cunha, tentou abortar e não conseguiu e ao der a luz a uma menina, decidiu abandonar a filha. Coelho alega que a criança estava com 37 semanas, mas Adriana afirmou que não sabia que estava grávida.

A família dela realmente não sabia da gravidez, portanto a delegada suspeita que Adriana sabia, porque tomava um chá para dores na barriga. Segundo ela, a mulher foi presa dentro de uma maternidade localizada na zona Centro-Sul da cidade. Quando viu a polícia, Adriana tentou fugir, mas acabou sendo detida.

A Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente deverá investigar o caso. De acordo com a delegada, uma pessoa que estava auxiliando a mulher no aborto, será encontrada para mais esclarecimentos.

*Com informações do Portal do Holanda

Comentários