Cidades

Homem faz live com objetos roubados e é preso, em Teresina

Dono da residência invadida identificou os objetos roubados em publicações na internet e a polícia passou a monitorar o suspeito

diario da manha

Um homem de 23 anos foi preso em flagrante após fazer uma transmissão ao vivo mostrando um churrasco com objetos roubados de um imóvel no bairro Bela Vista, em Teresina. A prisão ocorreu na quarta-feira (20) na casa dele, no bairro Promorar.

A equipe do Grupo de Apoio Operacional (GAO) da Polícia Civil do Piauí estava monitorando o suspeito há três dias, depois que o dono da residência invadida identificou objetos roubados em publicações na internet. Segundo o coordenador do GAO, Joattan Gonçalves, há cerca de um mês, o imóvel foi arrombado e invadido por três homens.

O proprietário que estava nos Estados Unidos, assistiu a ação pelas câmeras do circuito interno, sem poder fazer nada. Um dos filhos dele foi até a delegacia e registrou um boletim de ocorrência. Foram levados aparelhos de home theater e som, três televisores de LCD, churrasqueira elétrica, entre outros objetos.

O suspeito conhecido pelo apelido de “rei da ostentação”, publicou um churrasco no último fim de semana em que mostravam os objetos roubados da residência, como frigobar, fritadeira elétrica e caixa de som etc. A polícia então foi até a casa dele, que foi preso por receptação e devolveu os objetos ao filho da vítima.

O suspeito foi encaminhado para central de flagrantes de Teresina e depois levado para a audiência de custódia. Ao ser ouvido pela Justiça, ele foi solto e vai responder em liberdade pelo crime. A polícia tem 30 dias para definir se ele será indiciado pelo crime de receptação culposa ou dolosa para remeter ao Ministério Público.

Segundo Gonçalves, o suspeito confessou que teria comprado os objetos de uma pessoa, porém não falou o nome. As investigações continuam para descobrir se ele participou do roubo ao imóvel ou somente adquiriu os objetos roubados.

“Rei da ostentação”

Identificado pelo nome de Wilderson Ricardo, o perfil do suspeito no Instagram tem 12,5 mil seguidores e ele se autointitula como o “rei da ostentação”. Segundo a polícia, grande parte das publicações é dele ostentando objetos de valor, bebidas alcoólicas, cédulas de dinheiro, entre outros.

Segundo a polícia, durante a prisão o jovem cuspiu nos policiais, estendeu a língua e sorriu e após ser solto, o investigado ainda gravou um vídeo desprezando da operação da Polícia Civil e debochando com o coordenador do GAO.

“Fui solto porque eu fui solto mesmo, nós nem pagamos advogado. Policial ‘Jonatan’ já está na minha cola, beijo para você lindo! Quer vir dormir comigo? A cama está aqui, vamos dormir juntos hoje?”, debocha. O coordenador do GAO afirmou que essa atitude é ‘zombar da cara do estado’ e informou que o material vai ser agregado ao inquérito policial.

Ele afirma em uma publicação nos stories do Facebook que foi preso por receptação. “Vai dizer quem nunca comprou algo roubado, né! E tô nem aí pra quem fala mal de mim, não! Não me importo com nada que me atrasa!”, relatou o jovem.

*Com informações do UOL

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO