Cidades

Menina que era assediada sexualmente pelo padrasto, filma abuso para denunciar

A menina enviou os vídeos para uma tia, que chamou a polícia. Foi registrada a ocorrência e homem foi preso no outro dia.

diario da manha

Uma adolescente, de 13 anos, que era assediada sexualmente há um ano pelo padrasto instalou uma câmera escondida no quarto para denunciar os fatos. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Civil, em Aparecida de Goiânia.

Segundo a delegada, Edilaine Moreira o padrasto ficou em silêncio durante o depoimento na Central de Flagrantes.

A menina enviou os vídeos para uma tia, que chamou a polícia. Foi registrada a ocorrência no domingo (29) e homem foi preso no outro dia.

Imagens mostram menina assediada sexualmente

As imagens mostra a menina sentada na cama, o padrasto entra no quarto e tenta beijá-la na boca.

– “Então me dá só um selinho”, pede o suspeito.
– “Não”, recua a adolescente.
– “Anda”, ameaça novamente o padrasto.

Ele até sai do quarto, no entanto retorna querendo tocar nos seios da menina. Ela cruza os braços para se proteger e ele ameaça pedindo para que ela tire as mãos. Depois, ele sai do quarto.

Investigação

A adolescente alegou para o psicólogo da polícia que é assediada sexualmente pelo padrasto há um ano, mas não houve relação sexual. Ela foi levada para a casa de um parente e o caso é investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) da cidade.

Moreira informa que a mãe não sabia sobre o que estava acontecendo na casa e que nunca reparou comportamento diferente na filha. Ainda segundo a delegada, homem pode responder por estupro de vulnerável, com agravante por ter relação familiar. A pena mínima é de oito anos

Ele está preso no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia esperando a audiência de custódia no Poder Judiciário.

*Com informações do G1

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO