Brasil

Goiás é estado que comprou máscaras por menor valor no país

Estado pretende comprar 78 mil unidades para o enfrentamento da doença Covid-19

diario da manha
Os trabalhadores produzem máscaras faciais à medida que a demanda por sua produção aumenta rapidamente e se esforça para atender aos pedidos, nas instalações de um fabricante turco em Istambul, Turquia, em 30 de janeiro de 2020.

O Governo de Goiás conseguiu o menor preço de máscara N96 dentre os estados brasileiros que realizaram a mesma compra. 

O Estado pretende comprar 78 mil unidades para o enfrentamento. Devido a urgência, ocorreu dispensa de licitação.

A Equilibrium Distribuidora de Medicamentos Eireli venderá a unidade por R$ 16 para o Estado de Goiás, totalizando contrato de  R$ 1,2 milhão.

Os valores variam bastante, mas Goiás é a unidade da federação com menor cotação em mãos até agora.

Distrito Federal adquiriu o produto por R$ 19,77. A Prefeitura de Campinas também fechou valor mais próximo de Goiás, R$ 18. A Universidade Federal de Goiás (UFG) adquiriu a máscara por R$ 32,00.

Já o Governo do Ceará, onde a pandemia avança em mortes, conseguiu adquirir a máscara por R$ 50. A compra direta da Base Aérea de Fortaleza contratou as máscaras por R$ 53,88.

Comentários