Cidades

Monitora lança criança de 3 anos ao chão e é indiciada por tortura, em Cidade Ocidental

Hematomas encontrados pelo corpo do filho levantaram suspeitas de agressões na creche. A família teve acesso as imagens de monitoramento e denunciou o caso a Polícia

diario da manha

Cidade de Ocidental registra caso de tortura a uma criança. A monitora aparece em imagens de circuito interno da creche onde trabalha tirando uma criança de 3 anos do berço e arremessando ao chão.

As diligências começaram desde janeiro deste ano, quando a mãe da vítima denunciou o caso a equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Cidade Ocidental, comandada pelo delegado Daniel Marcelino, onde se apurou que as lesões que o filho teria no corpo era provocada pela cuidadora.

O inquérito sobre crime foi concluído e a monitora foi indiciada por crime de tortura, as imagens comprovaram, os maus tratos e ainda o excessivo caso de sofrimento suportado pela criança, que possui apenas 3 anos de idade.

A vítima, após sofrer as referidas agressões por parte da cuidadora, demonstrou medo em retornar para creche e passou a demonstrar comportamentos agressivos no ambiente familiar.

A monitora prestou dois depoimentos. No primeiro interrogatório, ela negou a agressão e também ser a pessoa que aparece nas imagens. De acordo com delegado, ela modificou a versão no segundo depoimento e confessou ser a pessoa das imagens que foram registradas pelo vídeos de câmeras de monitoramento, mas negou o ataque contra a criança.

 

Comentários