Cidades

Hospital fechado será utilizado pelo Estado durante pandemia

No hospital ainda permanecem as instalações então definiu-se que o local pode ser útil no atendimento de infectados

diario da manha

Com o aumento da busca pela saúde pública durante a pandemia do coronavírus, o titular da unidade judicial, juiz Átila Naves Amaral, determinou que o Hospital Santa Genoveva, que se encontra fechado e em processo de falência na 21ª Vara Cível de Goiânia, agora se encontra a serviço do Governo do Estado.

O centro de saúde que foi desativado há mais de três anos possui mais de 10 mil metros quadrados construídos. Nele permanecem as instalações hospitalares, dessa forma, o magistrado observou que, o local pode ser útil para a saúde pública no atendimento de infectados.

Decisão não afeta credores

O juiz ressaltou que a medida não vai prejudicar os credores da massa falida. Para ele, considerando que a estrutura é um imóvel inutilizado e uma possível necessidade do Poder Público, entende-se por bem em conferir direito ao Estado de utilizar a estrutura e seus equipamentos aplicados na saúde pública. “Na medida do possível e contando com a contribuição de cada um, possamos superar esse momento”, alegou.

O Hospital Lúcio Rabelo também se encontra fechado por falência, sendo que processo prossegue na 28ª Vara Cível. Sendo assim, Amaral sugeriu que o estabelecimento também possa ser utilizado para os mesmos fins, evidenciando “que tal decisão cabe ao magistrado condutor de mencionado processo”, concluiu.

Comentários