Cidades

Homem foi preso suspeito de fraudes e golpes contra instituições financeiras, em Goiânia

Foi mais de um ano para reunir as informações das investigações que levassem a ele

diario da manha

Um homem foi preso por diversas fraudes e golpes contra instituições após uma investigação da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC) descobrir o esquema. Após as investigações foram cumpridos um mandado de prisão preventivo e outro de busca e apreensão. Até então, sabe-se que ele causou prejuízos de quase R$ 700.000,00 (setecentos mil reais).

De acordo com as investigações, ele acessou dados de 129 clientes de um banco público. O homem falsificava documentos pessoais desses clientes para colocar a própria foto no lugar da outra. Feito isso, ele também fazia o resgate de títulos de capitalização em nome deles.

Foi mais de um ano para coletar todos os elementos das investigações que levassem até ele. Tanto é, que na falta da identidade, no início foi batizado de “fantasma” pela equipe. O que se tornou o nome da operação.

O que também chamou atenção da polícia foi que o autor exibia vida de ostentação nas redes sociais, inclusive com viagens internacionais. Ele foi preso quando desembarcava no Aeroporto Santa Genoveva voltando de uma viagem feita à Itália e depois a Madri, na Espanha.

Há suspeita de participação de outras pessoas, especialmente funcionário(s) do banco público onde o homem tinha acesso aos dados. Sendo assim, as investigações vão continuar. O preso foi recolhido no Núcleo de Custódia.

Comentários