Cidades

Dupla suspeita de trazer 8 mil pneus clandestinamente do Paraguai para Goiás e deixar de pagar impostos

Eles traziam os pneus há aproximadamente seis meses camuflados entre outras cargas

diario da manha

Um motorista do Paraguai e um borracheiro goiano foram presos em flagrantes suspeitos de trazer ao menos oito mil pneus do Paraguai para o Brasil clandestinamente. A Polícia Militar que desmontou o esquema, afirma que as peças eram adquiridas pela metade do preço no exterior e entravam no país sem pagar os impostos.

. A Polícia Militar que desmontou o esquema, afirma que as peças eram adquiridas pela metade do preço no exterior e entravam no país sem pagar os impostos.

A estimativa é de cerca de R$ 4 milhões em impostos que deixaram de ser arrecadados no esquema que funcionava há aproximadamente seis meses.

O motorista foi abordado pelo Comando de Operações de Divisas (COD) quando chegava em uma carreta com placas do Paraguai, na BR-153, em Itumbiara, na noite de terça-feira (3).

O borracheiro foi localizado em Aparecida de Goiânia, ele quem trocava e revendia os pneus. Eles foram levados para a Polícia Federal, no entanto, foram soltos após pagar a fiança.

O tenente Luís Alves dos Santos explica que eles traziam mais ou menos oito mil pneus que vinham camuflados entre outras cargas para ser entregues em Goiânia ou Aparecida. Chegando no local, os pneus novos eram retirados e outros eram colocados no lugar, no entanto, em estado de má qualidade.

De acordo com informações da PM, os pneus eram adquiridos no Paraguai no entorno de R$ 800 e revendidos no Brasil por R$ 1,5 mil. Para veículos pesados, o valor poderia chegar a R$ 1,8 mil.

*Com informações do G1

Comentários