Cidades

CMTC retira 220 ônibus após redução de passageiros

A demanda que chegava a 1 milhão de usuários caiu para 320 mil após as medidas de prevenção ao coronavírus no estado

diario da manha

Foi anunciado pelo presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Benjamin Kennedy, na última terça-feira (17) a retirada de 220 ônibus que atendem a Região Metropolitana de Goiânia devido à redução de passageiros em dias úteis.

A demanda que chegava a 1 milhão de usuários caiu para 320 mil após as medidas de prevenção ao coronavírus no estado. A redução na frota começa a valer a partir de quarta-feira (18).

Desde a aplicação do plano de prevenção ao coronavírus em Goiás, a companhia monitora a quantidade de usuários. No entanto, a medida está em fase de teste para descobrir se atende os 320 mil usuários em dias úteis nas 18 cidades no entorno de Goiânia.

A redução de passageiros chegou a 40% desde a semana passada, explica Kennedy. Na última segunda-feira (16), a quantidade de passageiros chegou em 394 mil. Segundo o presidente, a demanda irá ser reduzida ainda mais com o fechamento dos shoppings e comércio a partir de quinta-feira (19). “Vamos reavaliar se a quantidade atual de ônibus atende a demanda”, explica Kennedy.

Ainda segundo o presidente da CMTC, há uma força-tarefa na limpeza interna dos veículos e dos terminais de ônibus para garantir segurança para os passageiros de transporte.

*Com informações do G1

Comentários