Anápolis

Detento é morto dentro de cela, em Anápolis

Suspeito confessou o crime e afirmou que a vítima tentou estuprar a sua companheira

diario da manha

Um detento foi morto na noite da última quinta-feira (16/1) dentro de uma cela do Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz, em Anápolis, a 55 quilômetros da capital. O principal suspeito do crime é um colega de cela, conforme levantou a equipe do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis.

A vítima foi identificada como Ismailton Martins Pinto, de 23 anos, que havia dado entrada na unidade na tarde de ontem, após ser preso em flagrante por tráfico de drogas.

De acordo com as informações divulgadas, Ismailton foi esfaqueado diversas vezes na região do abdômen, peito, costas e por fim foi decapitado.

O GIH esteve no local do crime e após levantar as informações sobre o ocorrido, encontrou o suspeito, um detento de 40 anos condenado por furto, roubo, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, que confessou o crime. De acordo com a polícia, o suspeito alegou que matou Ismailton, pois soube que a vítima havia tentado estuprar sua companheira.

A polícia afirmou que o reeducando foi encontrado com as pernas sujas de sangue, e em seguida foi preso e conduzido à Central de Flagrante da cidade, para ser autuado em flagrante por homicídio qualificado, e encaminhado novamente para o Centro de Inserção Social.

Comentários