Cidades

Irmão mata irmão acidentalmente

Um menino morreu na tarde da última terça-feira (03/12) em um condomínio de luxo em Anápolis(GO), após ser atingido com tiro no tórax, desferido acidentalmente pelo próprio irmão adolescente.

diario da manha
Foto: Reprodução/G1

Um menino, de 10 anos morreu na tarde da última terça-feira (3/12) em um condomínio de luxo em Anápolis (GO), após ser atingido com tiro no tórax, desferido acidentalmente pelo próprio irmão, de 12 anos. O revólver era do pai dos garotos e era guardado na casa dentro de um cofre com senha.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Vander Coelho, o irmão mais velho decorou a senha do cofre onde a arma ficava protegida, no quarto dos pais.

Com a arma em mãos, a criança passou a brincar e efetuou o disparo acidentalmente no tórax do irmão mais novo. Durante o depoimento, o irmão que realizou o disparo estava muito abalado e disse que imaginava que a arma estivesse descarregada.

Na casa, além dos garotos estava a empregada doméstica que ao ver a situação, chamou um vizinho, que é bombeiro, para ajudar nos primeiros socorros. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi acionado pela funcionária e atestou a morte da criança.

A Delegacia de Homicídios (DIH) de Anápolis, ouviu a criança e o pai, responsável pela arma. Em depoimento o pai disse que acreditava que a arma estivesse em local seguro. Disse que o revólver, calibre 32, de cinco balas, tem cerca de 100 anos de fabricação era relíquia de família, mantida por gerações anteriores .

Segundo o delegado, o menino, responsável pelo ato, se for considerado responsável pela morte do irmão, pode responder por ato infracional análogo ao crime de homicídio culposo. Mas a divulgação só será feita após o fim das investigações.

Com informações do G1

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO