Cidades

Hospital fechado em Iporá: SES mostra repasses em dia

diario da manha

A Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO) divulgou nesta quinta-feira, 12, planilha que demonstra repasses atualizados de recursos para o Hospital Municipal de Iporá.

Um relatório fático e jurídico de interdição elenca todos os problemas encontrados no hospital e que motivaram a suspensão de novos atendimentos.

Conforme a imprensa, o prefeito do município teria dito que o fechamento da unidade, ocorrido nesta quarta-feira, 11, após interdição ética do Conselho Regional de Medicina (Cremego), aconteceu devido intervenção do governador Ronaldo Caiado (DEM).

O Cremego desmentiu o fato com documento emitido por corpo técnico e assinado pelo presidente Leonardo Mariano Reis.

A unidade está em situação gravissíma, pois oferece riscos para a população de Iporá, diz o Cremego, que suspendeu as internações. A decisão ocorreu por unanimidade do Plenário.

As planilhas da SES mostram repasses mensais de assistência farmacêutica, programa saúde família, equipes profissional de saúde, serviço de atendimento móvel de urgência e complexo regulador regional.

Os repasses estão adiantados, conforme o documento.

A intervenção do Cremego ocorreu através do ofício n. 15435.
O secretário de saúde Denis Fernandes, subordinado ao gestor do município, Naçoitan Araújo Leite, foi notificados pelo Cremego por conta da interdição ética do hospital. 

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO