Cidades

Amma realiza retirada de guapuruvus no Bosque dos Buritis

diario da manha

Quinze árvores da espécie, bem frondosas e próximas à calçada, serão extirpadas, neste sábado, 2, a partir das 8h30; isso para evitar acidentes resultantes da queda delas em período de chuva

Sinésio Dioliveira

Quinze guapuruvus serão retirados do Bosque Buritis neste sábado, 2, a partir das 8h30. Ação envolverá servidores da Amma, Comurg e SMT e tem o objetivo de evitar que essas árvores caiam e ocasionem acidentes, visto que são bem frondosas e estão bem próximas à calçada do parque, onde as pessoas realizam caminhadas. E junto a isso os veículos que estacionam sob tais árvores na Avenida Assis Chateaubriand, no Setor Oeste.

Com ocorrência natural que vai da Bahia até Santa Catarina, isso na Mata Atlântica, o guapuruvu, cujo nome científico é Schizoloblum parahyba, por chegar a 30 metros de altura e tronco reto, oferece risco de queda. É o que vem acontecendo no Bosque dos Buritis, onde a queda de algumas espécimes já aconteceu, felizmente sem gerar acidentes. Não há espécie inapropriada, o que acontece de inapropriado é o local em que a árvore plantada. E é isso que ocorre com as árvores plantadas no Bosque e que por isso serão retiradas.

Nesta sexta-feira, uma equipe da Diretoria de Parques de Unidades de Conservação esteve no local definindo os locais em que serão plantadas também na ação de sábado, após a retirada dos guapuruvus, 50 mudas de ipês, jatobás, aroeira-pimenteira e calabura. A equipe já deixou os buracos prontos. Inclusive se algum frequentador quiser participar do plantio será permitido.

Comentários