Cidades

Polícia prende suspeitos de maus tratos aos animais

Caçadores usavam cachorros para machucar animais silvestres

diario da manha
Foto: Reprodução PMGO

Na manhã do dia 18 de Agosto (domingo), a Polícia do Comando de Policiamento Ambiental (CPA) recebeu denúncia a respeito de caçadores que estariam praticando maus tratos contra animais, em Caldas Novas, região sudoeste do estado.

A denúncia se deu por meio de um vídeo que foi divulgado em redes sociais. No vídeo, era possível ver caçadores se divertindo com um javali que estava caído ao chão, sendo atacado por vários cachorros. O animal então se debatia em razão do ataque dos cachorros enquanto outro homem o feriu com uma faca.

Diante dos fatos, equipes caracterizadas do 1° BPMA e do CPA/2 se deslocaram e após levantamento do serviço de inteligência, conseguiram abordar uma caminhonete S10 ocupada por três homens retornando da caça. Acoplada ao veículo estava uma carretinha ocupada com dez cachorros.

Também foram encontradas uma espingarda calibre 12, cinquenta munições e seis facas. Entre os abordados estava um dos homens que apareciam no vídeo em questão segurando o facão.

Diante disso, foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) em razão dos maus tratos e o caso segue sob análise da polícia.

Maus tratos aos animais em Goiás

No último sábado, 17, a Polícia Militar de Goiás (PMGO) fechou uma casa que era utilizada para a realização de rinha de galo em Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia.

Foram encontradas 52 aves enjauladas, com muitos ferimentos provenientes de combates. Quando a PM chegou na casa, tinha acabado de terminar uma das rinhas e logo em seguida, nove homens foram presos. Dentro do ringue, estava um galo morto no canto e outro vivo, porém com muitos ferimentos devido a luta.

A Polícia Militar deslocou duas equipes para o local do crime, em Senador Canedo. O aspirante Ramos da PM disse que a fachada da casa não levantava suspeitas. “Tem boa aparência, não dá para imaginar o que tinha nos fundos”, afirmou Ramos, presente na operação.

Comentários