Brasil

Crime choca população em Saudades SC, adolescente invade creche e mata dois alunos e uma professora

O suspeito também ficou ferido e está em estado grave (intubado) no Hospital de Pinhalzinho/SC,

diario da manha
Segundo informações da Polícia Militar, jovem entrou em unidade educacional e começou a golpear professores e alunos. Foto/Reprodução - Imprensa do povo

Um adolescente de 14 anos armado com um facão, invadiu uma escola infantil na manhã desta terça-feira (4), em Saudades, no Oeste catarinense, ele começou a atacar uma professora de 30 anos que, mesmo ferida, correu para uma sala onde estavam quatro crianças e a funcionária da escola, na tentativa de avisar do perigo.

Segundo o delegado da Polícia Civil, Jerônimo Marçal Ferreira, o autor do crime foi até a creche Pró-Infância Aquarela, no centro da cidade, de bicicleta, por volta das 10h.

O rapaz, então, teria atacado as crianças que estavam na sala, a professora e uma funcionária da escola. Duas meninas de menos de dois anos e a professora morreram no local. Outra criança e a funcionária morreram no hospital. As vítimas ainda não foram identificadas. O adolescente foi apreendido.

A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros Militar e pela Secretaria Municipal de Saúde. “É uma tragédia”, disse o comandante do 2º BPM de Chapecó.

A ocorrência chocou a pequena cidade catarinense, que tem apenas 9,7 mil habitantes.

O suspeito também ficou ferido e está em estado grave (intubado) no Hospital de Pinhalzinho/SC, devendo ser transferido para Chapecó nas próximas horas. Há forte esquema de escolta policial para essa transferência.

Não se sabe a motivação do atentado. A Polícia Civil foi no local do crime para conversar com as testemunhas, o jovem vivia em jogos de computadores, sempre isolado.

De acordo com a prefeitura de Saudades, a escola atende alunos do berçário, até três anos.

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), lamentou o ocorrido. ‘Todas as energias das forças de segurança da região devem ser empregadas no esclarecimento desse trágico episódio’, afirmou no Twitter.

Em sua página oficial, a governadora em exercício Daniela Reinehr também manifestou sua solidariedade às vítimas da tragédia e decretou luto oficial de três dias no Estado.

O time da Chapecoense também se manifestou nas redes sociais sobre o ocorrido:

*Com informações do Terra e Portal tá na cidade

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Leia também:

Comentários