Brasil

Motorista bêbado atropela família e mata bebê de 11 dias no RJ

Após o atropelamento, o motorista dirigiu por mais quatro quilômetros com uma das vítimas em cima do carro e fazendo manobras para tirar o pai do recém-nascido do veículo

diario da manha
Foto: Reprodução/ O Globo

Uma tragédia na tarde do último domingo (24) terminou com a morte de um bebê de apenas 11 dias, após a família ser atropelada por um motorista bêbado, que foi identificado como Flavio Renavato Simão, de 40 anos, na rodovia Rio-Santos, em Itaguaí, Rio de Janeiro.

Os pais da criança foram identificados como Thayna da Silva e Brendom Diniz Ferreira, tinham saído com o pequeno Bernado no carrinho, e estavam a caminho de um aniversário quando foram atropelados por Flávio.

Testemunhas afirmaram que o carro estava parado no acostamento, e que em determinado momento acelerou. Os agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) atenderam a ocorrência e o motorista foi submetido ao teste do bafômetro que constatou que o mesmo estava bêbado com 0.86 mg/L de álcool no sangue.

Foto: Reprodução

Motorista bêbado dirigiu por mais quatro quilômetros fazendo manobras para tirar pai da criança do carro

Mesmo após atropelar a família, Flávio dirigiu o veículo por mais quatro quilômetros com Brendom preso no pára-brisa do carro. Nesse período o motorista fez manobras de zigue-zague e cavalinho de pau para fazer com que o rapaz saísse do carro.

Como não conseguiu tirar o rapaz do carro, Flávio entrou no Hospital Municipal São Francisco Xavier e tentou fugir depois, mas acabou preso no estacionamento da unidade de saúde.

Thayna por sua vez foi encontrada em um matagal, a mãe da moça afirmou que ela não se lembra do que aconteceu, e que ela está toda machucada e com dificuldades até mesmo para levantar.

Comentários