Brasil

Butantan faz alerta e pede melhor aproveitamento da vacina contra Covid-19

A vacina que chegou pronta da China foi entregue em frasco - ampola com uma dose do imunizante

diario da manha

O Instituto Butantan, responsável pela produção da vacina Coronavac, no Brasil, emitiu alerta para profissionais de saúde pedindo melhor aproveitamento das ampolas da vacina contra a Covid-19.

Em nota, a instituição ressalta que ” observa que cada frasco possui, nominalmente, 10 doses, mas que, seguindo as boas práticas de fabricação, é envasado um volume maior que, se retirado com cuidado das ampolas pelos profissionais das unidades de saúde, pode render até duas doses a mais”.

E ainda completa ” cada ampola da vacina tem 6,2 ml. Isso pode contribuir para imunizar um maior número de pessoa a cada frasco aberto”.

Das 8,7 milhões de vacinas da Coronavac previstas até 31 de janeiro, 6,9 milhões já foram entregues. O instituto deve entregar 46 milhões de unidades da Coronavac até o mês de abril, mas ainda aguarda a chegada do insumo farmacêutico ativo (IFA) da farmácia chinesa Sinovac.

A vacina que chegou pronta da China foi entregue em frasco – ampola com uma dose do imunizante. Já a envasada no país tem capacidade para 10 aplicações e precisa ser usada em no máximo 8 horas.

No último domingo (17), a agência já havia aprovado o uso emergencial de 6 milhões de doses da Coronavac, o que permitiu o início da campanha de vacinação em São Paulo no mesmo dia, e nas datas seguintes nos demais estados.

Comentários