Brasil

Após publicar imagem com pênis, Magno Malta diz que celular foi clonado

diario da manha

Na terça-feira (19), o ex-senador Magno Malta (PL-ES) publicou um print em seu perfil no Facebook e deixou vazar a imagem de um pênis. Após grande repercussão na manhã de hoje (20), o político afirmou que seu celular foi clonado.

“Comunico a todos que tive meu celular clonado e talvez raqueado. Tem uma pessoa se passando por mim, usando meu perfil do Facebook… Já estou tomando as providências. Obrigado”, postou.

Leia também: Maria Flor viraliza após se revoltar com governo Bolsonaro: “Cadê o impeachment?”

O post, em que Magno Malta reclamava do Facebook em classificar uma outra publicação sua como “falsa”, foi removido pela plataforma por conter informações sem veracidade comprovada.

O bolsonarista falava sobre um vídeo de um médico defensor da cloroquina e do “tratamento precoce” contra a covid-19 que faleceu recentemente, mas não reparou no que tinha no print de sua galeria.

“Os sabichões que se dizem verificadores de conteúdo tirou [sic] do ar dizendo ser supostamente falso. Pergunto, o que é falso, o conteúdo do vídeo ou minha pergunta?”, indagou.

Comentários