Brasil

Racismo aumentou nos últimos 10 anos, diz pesquisa

A pesquisa mostrou que 83% dos paulistanos consideram que o preconceito contra negros aumentou nos últimos 10 anos

diario da manha

Nesta quinta-feira (19), uma pesquisa divulgada mostrou que, a percepção sobre preconceito e discriminação contra a população negra aumentou entre os moradores de São Paulo.

Pessoas erguem o braço em frente ao Masp durante marcha da Consciência Negra de São Paulo de 2017. — Foto: Paulo Pinto/Fotos Públicas

A pesquisa mostrou que 83% dos paulistanos consideram que o preconceito contra negros aumentou nos últimos 10 anos. Essa percepção é maior entre as pessoas que se declaram pretas ou pardas.

Foram feitas entrevistas com 800 moradores da cidade de São Paulo, entre os dias (5) e (21), de setembro. Com pessoas que tinham 16 anos ou mais, a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A tabela abaixo mostra o resultado do aumento.

Pesquisa "Viver em São Paulo: Relações Raciais" — Foto: Divulgação/Rede Nossa SP

Discriminação maior em Shoppings e espaços públicos

As pesquisas feitas apontou que, em sete de oitos ambientes avaliados prevalece a percepção de que há diferença no tratamento de pessoas negras e pessoas brancas. A discriminação é observada em shoppings e comércios:

Ambiente familiar: 37%, Shoppings e comércios: 81%, Transporte público: 70%, Ruas: 75%, Escolas/faculdades: 77%, Trabalho: 74%, Hospitais e postos de saúde: 65%.

Combater ao racismo está sendo feito, punição por injúria e punições mais severas para as pessoas que comente esse crime.

*Com Informações do G1.

Comentários