Brasil

Onça que sofreu em incêndio no Pantanal, se recupera e volta à natureza

Presidente do Instituto Nex, Cristina Gianni, revelou "não sei descrever a emoção que a gente sente"

diario da manha

Nesta segunda- feira (19), o Instituto Nex deu adeus a onça Ousado que sobreviveu ao incêndio no Pantal. O Instituto Chico Mendes de Preservação da Biodiversidade (ICMBio), foi o responsável por buscar o animal e levá-lo de volta para Porto Jofre, Mato Grosso.

Após 37 dias de tratamento no Instituto Nex, com uma terapia com ozônio, a onça foi liberada. Essa foi a primeira que realizaram a terapia em onça com ozônio e laser, além de pomadas homeópatas que também auxiliaram na recuperação.

Silvano Gianni, diretor-executivo do Instituto Nex afirmou, “Hoje eles vieram buscar e dissemos: ‘Agora é com vocês”.. disse ele ao ICMBio.

Segundo o ICMBio, o cronograma é de que a onça Ousado seja solta, amanhã (20), no mesmo local onde foi encontrada. O animal será monitorado por meio de uma coleira de GPS.

Assim, estará sendo garantido a evolução da fêmea. A partir do momento da soltura, será a onça será vigiada pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (Cenap/ICMBio).

Cristina Gianni, presidente do Instituto Nex disse à imprensa, “A nossa responsabilidade foi imensa. Quando chega um dia como hoje, de vê-lo sair daqui recuperado para voltar para sua vida, não sei descrever a emoção que a gente sente”, emocionada respondeu Cristina.

tags:

Comentários