Brasil

Ministério da Saúde do Brasil recua e diz que não há intenção de comprar vacina da China

diario da manha

Nesta quarta-feira (21), o secretário-executivo Elcio Franco do Ministério da Saúde disse em nota que não há nenhuma chance de comprar a Coronavac da China.

O general Eduardo Pazuello também se pronunciou e disse nesta terça-feira (20), que não têm à intenção de adquirir 46 milhões de doses da Cornavac.

O presidente Jair Bolsonaro também se pronunciou e diz que não vai comprar a vacina chinesa de João Doria.

Segundo Elcio Franco, não há existência de qualquer acordo com o governador de São Paulo para a aquisição da vacina.

Elcio afirma, que qualquer vacina quando estiver disponível, certificada pela Anvisa, e adquirida pelo MS poderá ser oferecida aos brasileiros por meio do Programa Nacional de Imunizações.

Comentários