Brasil

Em entrevista, o presidente do INSS diz que a fila de aposentadoria é de 640 mil pedidos

O instituto recebe cerca de 700 mil pedidos por mês

diario da manha
INSS recebe 700 mil pedidos por mês__ Foto: Reprodução

O presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Leonardo Rolim, afirmou que existem atualmente 640 mil pedidos de aposentadoria que aguardam análise do órgão.

Segundo disse Rolim em entrevista à rádio CBN, o instituto recebe cerca de 700 mil pedidos por mês.

 “Há ainda processos antigos, mas não dependem de análise do INSS, mas, sim, de cumprimento de exigência pelo solicitante”, afirmou.

 De acordo com Rolim, em julho do ano passado, auge da crise da fila do INSS, havia cerca de 2,2 milhões de pedidos que aguardavam por análise do órgão.

Pandemia

Durante pandemia INSS registra aumento 120% na fila do auxílio-doença. A quantidade de segurados do INSS à espera de um benefício por incapacidade aumentou 123% após a interrupção do atendimento presencial devido à quarentena de combate à Covid-19, segundo relatório do TCU (Tribunal de Contas da União) para acompanhamento da crise.

Em fevereiro, o estoque de pedidos era de 244,8 mil. Em maio, a fila de espera por benefícios por incapacidade aumentou para 545,9 mil requerimentos. Mais de 90% dessa fila é composta por pedidos de auxílio-doença.

Com o fechamento das agências da Previdência, em março, as perícias médicas deixaram de ser realizadas. Para receber o auxílio-doença, o cidadão depende da avaliação da sua incapacidade para o trabalho por um perito da Previdência.

Durante o período de interrupção do atendimento, o INSS tem antecipado R$ 1.045 para segurados que requerem o benefício após a análise de laudos médicos enviados pela internet, por meio do Meu INSS.

*Com informações do Isto é e Mix

Comentários