Brasil

Após perder ação, Bolsonaro terá 15 dias para pagar R$ 2,6 mil a Jean Wyllys

diario da manha
Foto: Reprodução

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) deu um prazo de 15 dias para que o presidente Jair Bolsonaro pague R$ 2.666,33 ao ex-deputado Jean Wyllys e ao advogado Lucas Mourão, a contar de quando for notificado. As informações são do Ancelmo Góis, do jornal O Globo.

Em 2017, Bolsonaro moveu um processo contra o ex-parlamentar por danos morais e pediu uma indenização de R$ 22 mil. Na época, então deputado, alegou que Wyllys o chamou de “boquirroto”, “nepotista” e “fascista”. Porém, a Justiça entendeu que não houve nenhum dano à sua imagem e negou o pedido.

Leia também: Justiça condena deputado e empresário bolsonarista por fake news contra Jean Wyllys

O juíz da 47ª Vara Cível do Rio, Leonardo de Castro Gomes, determinou que o atual presidente seja multado em 10% do valor caso não faça o pagamento dentro do prazo de 15 dias. Além de ter destacado que Bolsonaro pode sofrer penhora para que o valor seja quitado. Jair não pode mais recorrer da ação.

Comentários