Brasil

Subsecretário de Esportes do DF é preso suspeito de participar de racha

Imagens mostram veículos em alta velocidade, no Noroeste, neste domingo (5). Servidor do GDF se apresentou na delegacia, o outro motorista foi levado a hospital

diario da manha
Foto: Reprodução

Um Audi modelo A4 e uma Mercedes C-200 foram flagrados em alta velocidade no Noroeste no Distrito Federal (DF) na noite do último domingo (5). A Polícia Civil (PC), investiga um suposto racha, entre dois carros de luxo, que acabou em acidente, e onde um dos envolvidos seria o recém-nomeado Subsecretário de Esportes do DF, Wesley Vieira dos Santos, de 27 anos.

Segundo a Polícia Militar (PM), o subsecretário de Convênios e Parcerias da Secretaria de Esportes do DF, foi identificado por meio de imagens captadas por um morador da região, na W9, por volta das 22h. A velocidade máxima permitida na pista é de 60 km/h.

O servidor foi preso em flagrante após se apresentar na delegacia. Em nota, a Secretaria de Esporte disse que aguarda a apuração do caso para “tomar as devidas providências”.

De acordo com a PM, o servidor não foi encontrado no local do acidente. O carro que ele dirigia (Mercedes C-200), foi parar em um monte de terra, às margens da via. O caso foi registrado na 2° DP( Asa Norte), como disputa de veículo automotor.

Foto: Reprodução

O servidor, que não se feriu, foi encaminhado para a realização de exames no Instituto Médico Legal (IML), e segundo a PC, foi preso em flagrante. O motorista do outro veículo envolvido foi encaminhado ao hospital em estado grave.

Motorista que disputava suposto racha com Subsecretário de Esportes do DF foi socorrido em estado grave

O Audi envolvido no acidente capotou várias vezes, próximo à quadra 307. O condutor, 22 anos, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, com suspeita de hemorragia interna e fraturas. Ele foi levado em estado grave para o Hospital de Base.

O motorista hospitalizado foi identificado como Pedro Luca Lima Gabriel. Famíliares dele estiveram no local e retiraram uma cadeirinha de bebê que estava no carro, sem ocupante.

*Com informações do G1

Comentários