Brasil

Família com Covid-19 oferece emprego de babá com requisito de que já tenha sido contaminada

diario da manha

Uma família solicitou a uma agência de babás, de Belo Horizonte, uma babá para trabalhar na função de cuidar de três crianças. A vaga tinha uma única exigência: que a mulher esteja infectada com coronavírus ou já tenha sido infectada pela Covid-19 em algum momento. As informações são do G1.

Segundo a mensagem enviada à agência, a solicitação foi feita porque todas as pessoas da casa estão com a doença. “Os pais estão em casa e é pra ajudá-los. Todos estão com Covid (coronavírus). Com sintomas leves, então tem que ser alguém que já tenha tido ou que esteja com Covid, também com sintomas leves e possa trabalhar”, diz o anúncio.

Leia também: Após gesto inconsequente de Jair Bolsonaro, CNN e Record afastam repórteres presentes em entrevista

Ao G1, o advogado trabalhista Antônio Queiroz Junior destacou que o contratante coloca em risco a saúde do trabalhador, porque não há estudos sobre a imunidade após a infecção da doença. O advogado explica que, segundo a lei do coronavírus, do governo federal, pessoas contaminadas precisam ficar em isolamento. E ressalta que as autoridades públicas podem tomar medidas, como inclusive, prender quem não cumpra isso, por crime de desobediência.

Procurada, a empresa de recrutamento de babás, Laura Orsini, informou que nesse caso o isolamento seria respeitado, pois a família levaria e buscaria a funcionária. Além disso, sintomas leves de Covid-19 não impediriam a babá de fazer o trabalho. Nenhuma contratação foi feita até o momento.

Comentários