Brasil

Sara Winter é presa pela PF

Mandado de prisão foi expedido pelo ministro do STF, Alexandre de Morae, atendendo a um pedido da PGR

diario da manha
Foto: Reprodução

A digital influencer Sara Winter apontada como líder do grupo bolsonarista “300 do Brasil” foi presa na manhã desta segunda-feira (15/6) pela Polícia Federal (PF), em Brasília. Além da influencer outras cinco pessoas também foram presas na ação.

O pedido de prisão contra a ativista foi expedido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Alexandre de Moraes, que atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Sara Winter gravou um vídeo no dia da operação contra as Fake News, que tramista no STF, e tem como relator o ministro Alexandre de Moraes.

No vídeo a ativista afirma que o ministro tomou a pior decisão da vida dele naquele dia, e que sua vontade era de trocar socos com o ministro do STF.

Além disso a digital influencer afirmou no vídeo em tom de ameaça que iria descobrir tudo sobre a vida do ministro, de seus funcionários, e que iria infernizar a vida de Alexandre de Moraes, até acabar com a vida dele.

Comentários