Brasil

Intimada a depor, Sara Winter debocha da PF: “Me nego a ir nessa bosta”

diario da manha

A apoiadora do presidente Jair Bolsonaro e alvo da investigação de fake news no STF (Supremo Tribunal Federal), Sara Winter afirmou que foi intimada pela Polícia Federal a prestar depoimento. Sara, no entanto, disse que não cumprirá a ordem.

“Eu não vou! Vão me prender? Me tratar como bandido? Vão ter q se prestar a isso!”, escreveu no Twitter.

Em um vídeo, a ativista e organizadora do movimento 300 do Brasil aparece exaltada lendo o documento deixado pelos agentes em sua casa, em Brasília, nesta segunda-feira (1), e desafia a PF a ir buscá-la.

“Eu vou incorrer em crime de desobediência porque eu me nego a ir nesta bosta. Eu não vou, eu não vou, não vou prestar esclarecimentos sobre a minha conduta, ordeira, disciplinada, de cidadã brasileira, eu não vou. Se a Polícia Federal quiser vir aqui me tratar igual bandido, com uma condução coercitiva, ela vai ter que se prestar a isso.”

Comentários