Anápolis

Anápolis será centro de excelência ferroviária do País, diz Caiado

Ronaldo Caiado se reuniu com o ministro Tarcísio de Freitas e recebeu garantias de investimentos para a Ferrovia Norte-Sul e para a duplicação de rodovias federais que cortam o Estado

diario da manha

Uma parceria entre o Ministério da Infraestrutura e o Governo de Goiás vai transformar Anápolis no centro de excelência ferroviária do País. Os investimentos a serem feitos na cidade foram garantidos ao governador Ronaldo Caiado pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, durante audiência realizada, nesta quinta-feira, 18, em Brasília. “Consegui do ministro que nós fizéssemos com que a cidade de Anápolis fosse o centro de excelência de toda a área ferroviária no País”, explicou o governador, destacando que o Ministério realizará investimentos na Ferrovia Norte-Sul e, também, na duplicação de rodovias federais que cortam o Estado.

“Esse investimento significa que, lá em Anápolis, nós teremos a maior logística, com a presença também do IME, que é o Instituto Militar de Engenharia, com a Rumo, responsável pela malha ferroviária da Ferrovia Norte-Sul e, lá, nós estaremos montando uma estrutura que, realmente, o Governo Federal espera nos próximos 60 a 90 dias, já darmos início a esse centro de excelência ferroviário, que será tanto a preservação da história das ferrovias do Estado ou do País, como nós teremos, também, o maior centro tecnológico e de inovação na área de ferrovia no Brasil”, ressaltou Caiado.

De acordo com o governador, este será um amplo investimento, que fará com que Goiás passe a ser referência nacional. “Queremos trazer, cada vez mais, espaço para a logística e o desenvolvimento do nosso Estado de Goiás”, afirmou. Caiado também agradeceu ao ministro e ao presidente, Jair Bolsonaro, pela parceria no planejamento ferroviário do Estado. “Goiás só tem a ganhar quando os poderes trabalham em conjunto, pelo bem-estar do cidadão”, frisou.

Ao governador, o ministro destacou que pretende investir para promover o desenvolvimento do segmento ferroviário em toda a região Centro-Oeste. “Temos hoje mais de R$ 1 bilhão em obras na Ferrovia Norte-Sul, preparamos juntos toda uma cadeia logística e de capacitação para explorar o potencial da ferrovia e já nos preparamos para a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO), que vai integrar a produção do Vale do Araguaia aos principais portos do litoral brasileiro, incluindo a futura integração com a Ferrovia Oeste-Leste, na Bahia”, explicou Tarcísio de Freitas.

Duplicação de rodovias

Durante a audiência, o ministro assegurou ao governador que, até agosto, o governo federal vai entregar mais de 15 km de pista duplicada na BR-050/GO, entre Catalão e a divisa com Minas Gerais. A rodovia liga Brasília a São Paulo e é considerada uma das mais movimentadas do País.

Em agosto, de acordo com o ministro, outras obras também serão retomadas, como: o anel viário de Jataí (BR-060/GO); o início da travessia urbana de Formosa (BR-020/GO); e o início da construção da ponte sobre o Rio Araguaia, na BR-080/GO, próximo a Luiz Alves.

Comentários