Brasil

Sargento da Marinha é preso por assédio

Motorista do veículo só parou após ser obrigado pela patrulha da PM, que foi acionada, após a vítima acenar para os policiais na região da Ilha das Flores

diario da manha
Foto: Reprodução

Na manhã desta quarta-feira (19/2) um sargento da Marinha foi preso em flagrante suspeito de assediar uma mulher dentro de um ônibus, na rodovia Niterói-Manilha, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro.

De acordo com a publicação o ônibus é da linha 409 e saiu do bairro de Trindade, e seguia para o terminal rodoviário no Centro de Niterói, quando por volta das 7h, Priscila Trindade Rodrigues embarcou no veículo.

De acordo com a publicação do G1 o sargento da marinha viajava sentado e ofereceu o banco para a mulher sentar, e nesse momento começou a assediá-la.

Ao perceber que estava sendo assediada Priscila gritou por socorro e outras mulheres dentro do ônibus a ajudaram, segundo a vítima, mesmo com toda confusão, o motorista não parou o ônibus e seguiu viagem.

Vítima do sargento da Marinha, mulher acenou para patrulha da PM, que efetuou a prisão do suspeito

Priscila lembrou da patrulha da Polícia Militar (PM) que fica próximo ao acesso à Ilha das Flores e fez sinal para os policiais de dentro do ônibus, e os policiais obrigaram o motorista a parar o ônibus.

O sargento da Marinha foi preso em flagrante pelo crime, caso seja condenado pode pegar de 1 a 5 anos de prisão. Segundo a publicação, o suspeito estava com a calça molhada no momento da prisão. O caso foi registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher de São Gonçalo.

O periódico informou que entrou em contato com a assessoria da Marinha, mas que a mesma não se pronunciou sobre o caso até o momento.

*Com informações do G1

Comentários