Brasil

Homem espanca mulher, sequestra e ameaça matar filho no DF

Homem foi encontrado após polícia pedir para mulher ligar no celular do suspeito

diario da manha
Foto: Reprodução

Um homem de 28 anos foi preso nesta quinta-feira (2), pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) suspeito de espancar a mulher e sequestrar o filho do casal de quatro anos e levar para um matagal em São Sebastião no Distrito Federal (DF). Conforme publicação do G1 o rapaz ameaçou matar a criança, mas o menino foi resgatado com vida.

A polícia afirmou que uma equipe composta por 15 policiais começou as buscas após a mãe da criança ir a delegacia da cidade e denunciar o caso. De acordo com a PMDF, a mulher estava bastante nervosa e desesperada, pois não tinha informação de onde e como o filho estava.

De acordo com a publicação, a mulher contou o marido chegou no fim da tarde da última quarta-feira (1) bastante alterado e a agrediu. O filho do casal que presenciou a cena, começou a chorar e nesse momento o pai da criança começou a bater nele, batendo a cabeça do menino contra a parede e na sequência saiu com a criança nos braços dizendo que ia “dar um fim naquilo”.

Para os policiais a mulher contou que seguiu o marido com a criança até um matagal próximo ao Setor Tradicional de São Sesbatião, onde mora a família e em determinado momento o perdeu de vista. Após as buscas pelo local, pai da criança foi preso e encaminhado ao 30º DP até a audiência de custódia do caso.

Contato telefônico permitiu policiais encontrarem o suspeito

O homem vai responder por violência doméstica no âmbito da lei Maria da Penha e lesão corporal. Conforme a publicação o rapaz tem outras passagens pela polícia, mas a equipe não deu detalhes sobre quais artigos e crimes cometidos pelo suspeito.

Segundo os policiais que participaram da ocorrência, o local onde o homem se escondeu era uma em uma região de mata, com iluminação escura e difícil de enxergar. Em determinado momento um dos militares pediu para a mãe do menino ligar no celular do marido, e no momento que ele atendeu, o pai da criança falava muito alto e foi possível encontrar ele no local e efetuar a prisão em flagrante.

Após efetuar a prisão do homem, os policiais notaram que a criança tinha sinais de espancamento pelo corpo com lesões visíveis na cabeça, boca, perna direita e um sangramento no nariz.

Comentários