Brasil

Especial de Natal do Porta dos Fundos gera polêmica

Porchat respondeu as críticas que o especial recebeu e afirmou "eu me resolvo com Deus, tá de boas, não precisa se preocupar não"

diario da manha
Foto: Reprodução

Com a chegada do final de ano a maioria das pessoas se prepara para as comemorações de Natal e Ano Novo, para alguns artistas é o momento de fazer algo diferente do usual, principalmente nos especiais de Natal. Entretanto, o especial do Porta dos Fundos não é visto com bons olhos por muitos brasileiros, uma vez que traz uma versão em que Jesus filho de Deus é representado como homossexual.

O especial que está na grade da Netflix tem como título Jesus e sua primeira tentação, conta com a participação dos atores Fábio Porchat e do Gregório Duvivier que interpreta o personagem principal e estaria em um relacionamento com outro homem.

As críticas ao especial geraram inclusive um abaixo assinado que pede a retirada do programa da grade da Netflix. Devido ao tamanho da repercussão, o ator Fábio Porchat usou sua conta no miniblog Twitter para responder às críticas feitas a atração.

O artista usou as seguintes palavras “Gente, pode deixar que eu me resolvo com Deus, tá de boas, não precisa se preocupar não. Agora pode voltar a se indignar com a desigualdade que destrói nosso país. Mas tem que se indignar com o mesmo fervor, tá?

Veja o twitt do ator

Outro que se pronunciou sobre as críticas ao especial foi o humorista Paulo Vieira, que em seu perfil no Twitter escreveu que não se sentiu ofendido com o especial e que está extramente ofendido com as igrejas e líderes religiosos preconceituosos e exploradores.

veja:

Assista o trailer do Especial de Natal do Porta dos Fundos

Comentários