Aparecida de Goiânia

Benedita, 78 anos, é curada da covid-19 e recebe alta no HMAP

diario da manha

A paciente Benedita Leite de Oliveira, de 78 anos, recebeu alta na tarde desta quarta-feira, 17, no Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP), onde estava em tratamento contra a Covid-19, infecção causada pelo novo coronavírus e vai seguir em casa para fase final de recuperação.

Dona Benedita deu entrada ao HMAP no dia 06 de junho com sintomas de febre, tosse seca e desconforto respiratório. Ela foi diagnosticada com Covid-19 e internada na Unidade de Terapia Intensiva da unidade (UTI) e não foi necessário o uso do respirador. Após dois dias na UTI a paciente foi para enfermaria onde permaneceu por nove dias.

Para a filha de dona Benedita, Silvani Leite, receber a informação de alta foi uma sensação de felicidade inexplicável. “Por mais que a gente saiba que ela está em um bom hospital e está sendo bem cuidada, ainda ficamos preocupados por causa da gravidade da doença. Minha mãe tem diabetes e presenciar ela sair do hospital alegre e saudável foi maravilhoso. Só Deus para abençoar a equipe que do HMAP, desde o porteiro aos médicos. O hospital acolhe muito bem os pacientes, o tratamento é excelente e faz diferença. A unidade está de parabéns”, relata Silvani.

Devido a evolução do quadro de saúde da paciente e o empenho dos profissionais de saúde do HMAP que estão na linha de frente, dona Benedita se recuperou do vírus e acaba de entrar para a estatística dos mais de 477 mil pacientes curados da Covid-19 no Brasil.

A recuperação de cada paciente emociona a equipe do HMAP. “Enquanto equipe, a nossa maior alegria é esse momento da alta, porque é ali que nós vemos o resultado do empenho de todos, da equipe e do paciente. A nossa maior preocupação é sempre prestar a melhor assistência e garantir que o paciente melhore e possa retornar para sua casa, para sua família”, revela a diretora de humanização do HMAP, Marlete Silva.

Comentários