Anápolis

Militar morre baleado após suposta fuga de blitz em Anápolis

O soldado da Base Aérea de Anápolis morreu em confronto com a polícia após perseguição

diario da manha
Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Na última quinta-feira (4), o soldado Guilherme Souza Costa, de 19 anos foi morto a tiro em Anápolis. De acordo com a Polícia Militar (PMGO), o rapaz teria tentado fugir de uma abordagem policial por não possuir permissão para pilotar a moto em que estava. O veículo estava sem placa conforme os agentes e a vítima teria atirado contra a PM.

Guilherme Souza Costa estava na Base Aérea de Anápolis como soldado militar da Aeronáutica há cerca de dois anos segundo informações do portal G1. No entanto, a Força Aérea Brasileira afirmou em nota que a arma encontrada com ele não pertence à corporação.

A FAB informa que a arma encontrada com o militar não pertence à Ala 2 – Base Aérea de Anápolis e que colabora com as investigações da autoridade policial responsável pelo caso”.

O fato foi registrado por câmeras de segurança. Um dos vídeos mostra policiais da Companhia de Policiamento Especializado (CPE) tentando abordar o soldado, que não parou.

A partir daí, os policiais iniciaram a perseguição, câmeras registram diferentes momentos da ação. A vítima foi alvejada, chegou a ser socorrida e encaminhada para o Hospital de Urgências de Anápolis (Huana), mas não resistiu.

Em nota, a Polícia Militar afirmou que as circunstâncias da ocorrência serão apuradas. Já a Força Aérea Brasileira, lamentou a morte do soldado e expressou suas condolências e à família do militar por meio de um comunicado.

Comentários