Anápolis

Prefeito de Anápolis convoca nova reunião sobre possível lockdown

"Está aumentando de forma descontrolada", alerta Roberto Naves sobre situação da Covid-19 no município

diario da manha
Foto: Reprodução

Na manhã deste sábado (27), o prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PP) convocou uma reunião extraordinária com a equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). O objetivo é definir as próximas medidas a serem adotadas no enfrentamento à Covid-19 na cidade.

Os leitos de UTIs chegaram ao nível de ocupação superior à 80% no município na última sexta-feira (26). Diante deste cenário, novas medidas restritivas podem ser adotadas na próxima semana.

Anteriormente, Roberto Naves havia declarado que se Anápolis atingisse a ocupação de 90% dos leitos a cidade seria fechada. As expectativas são que a matriz de risco aponte a necessidade de lockdown.

No entanto, para o chefe do Executivo Municipal, decisões precipitadas não deverão ser tomadas. Por isso, Roberto Naves afirma que está avaliando os cenários da pandemia. “Nós vamos tratar o assunto com o máximo de responsabilidade possível”, disse.

Anápolis e o cenário goiano

Ao mesmo tempo, prefeitos da Região Metropolitana de Goiânia também estudam um novo decreto que pode fechar todo o comércio não essencial por sete dias. As medidas mais severas foram propostas em uma reunião com 11 prefeitos e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM).

O prefeito de Anápolis comentou sobre as decisões tomadas em outras cidades goianas. “Nós sabemos que Anápolis não é uma ilha. Goiânia e Aparecida já optaram realmente por fechar o comércio, para aumentar as restrições e diminuir as aglomerações.

Mesmo assim, até o fechamento desta matéria, nenhuma decisão oficial sobre o fechamento da cidade havia sido divulgada.

Comentários